portilato
🠔 Ver todas as perguntas

Pergunta

7

Como regra geral, os empréstimos e financiamentos são suportados por contratos que estabelecem o seu valor, forma e época de liberação, encargos incidentes, forma de pagamento, garantias além de outras cláusulas contratuais. Os empréstimos são concessões de crédito em espécie, sem vinculação específica, muito embora conste do contrato a finalidade do mesmo. Por isso é recomendável fazer simulações principalmente quanto a forma de amortização do principal e aplicação dos juros.

há 3 anos

91

Cerigatto

imóvel guide usuário

Gabriela Moreira

Perguntador

há 3 anos

Como contabilizar compra de imóvel financiado?

Respostas (7)

Corretor de imóveis

Cerigatto

Medalha de bronze Medalha de prata Medalha de ouro Troféu branco Troféu de bronze

Corretor de imóveis

Nível: 6 - Avançado

Respostas: 19.998

há 3 anos

Como regra geral, os empréstimos e financiamentos são suportados por contratos que estabelecem o seu valor, forma e época de liberação, encargos incidentes, forma de pagamento, garantias além de outras cláusulas contratuais. Os empréstimos são concessões de crédito em espécie, sem vinculação específica, muito embora conste do contrato a finalidade do mesmo. Por isso é recomendável fazer simulações principalmente quanto a forma de amortização do principal e aplicação dos juros.

Corretor de imóveis

Maria ângela Camini

Medalha de bronze

Corretor de imóveis

Nível: 2 - Consultor

Respostas: 7.651

há 3 anos

O financiamento bancário é uma das situações em que a Receita Federal permite lançar no imposto de renda o valor atualizado anualmente do imóvel. Você não lança como dividas e ônus reais e sim em bens e direitos e anualmente vai somando o total pago integralmente de parcelas financiadas, balões, amortizações e somando ao total pago no ano anterior para formar o novo valor do imóvel até a quitação quando terá o preço final de aquisição. Tudo o que pagares irá compor o valor da aquisição incluindo ITBI e despesas com Escritura e registro. No financiamento direito ao construtor sem banco envolvido não há atualização, é o preço efetivamente pago e lançado em dividas e ônus reais.

Corretor de imóveis

Lima

Medalha de bronze Medalha de prata Medalha de ouro Troféu branco Troféu de bronze

Corretor de imóveis

Nível: 6 - Avançado

Respostas: 5.959

há 3 anos

Para contabilizar venda imóvel na planta, devemos respeitar a resolução CFC nº 1.317/10, em seu item 33, que menciona os contratos de promessa de compra e venda ou contratos de compra e venda de uma unidade a ser entregue no futuro, é necessário o reconhecimento das receitas e despesas à medida que a construção avança.

Corretor de imóveis

Eliene (apelido Nayla)

Corretor de imóveis

Respostas: 209

há 3 anos

Nos pagamentos de cada parcela, debitar o passivo circulante e creditar Caixa/Banco. Para a apropriação dos juros, creditar (-) Juros a Transcorrer e debitar Juros s/ Financiamentos (despesa financeira), mensalmente de acordo com a taxa de juros e o sistema de amortização utilizado na operação.

Corretor de imóveis

Vanderson Ferri

Medalha de bronze Medalha de prata Medalha de ouro Troféu branco Troféu de bronze Troféu de prata Troféu de ouro

Corretor de imóveis

Nível: 8 - Especialista

Respostas: 10.102

há 3 anos

TEM QUE LEVAR EM CONTA, OS JUROS, A DOCUMENTAÇÃO, A ENTRADA DE NO MÍNIMO 30% E EM CASOS EXISTE A TAXA DE EVOLUÇÃO DE OBRA.

Corretor de imóveis

Zafir Russo

Medalha de bronze Medalha de prata Medalha de ouro

Corretor de imóveis

Nível: 4 - Experiente

Respostas: 7.440

há 3 anos

Quando os encargos financeiros são descontados antecipadamente, sendo recebido somente o valor líquido do empréstimo, a empresa deve registrar o valor recebido na conta Bancos e o valor total do empréstimo na conta de Passivo, e os encargos financeiros antecipados serão debitados em uma conta Encargos Financeiros a ...

Corretor de imóveis

Bruna Innocenti

Corretor de imóveis

Respostas: 93

há 3 anos

Você deverá colocar o bem no valor adquidiro e os juros e parcelas no contas a pagar.

Faça uma nova pergunta: