Alugar ou financiar um imóvel?

Publicado em

Alugar ou financiar um imóvel?

Algumas pessoas dizem que aluguel é dinheiro jogado fora e comprar um imóvel é sempre o melhor a fazer eu particularmente tenho outra opinião sobre locação. Acredito que seja um investimento, mas baseado em quê digo isso? Vamos comparar a uma viagem de Férias, você compra ou "aluga" um assento no avião? O hotel você compra o quarto ou "aluga"? O carro para passear é "alugado"? Então é uma questão de conveniência, nós pegamos para nós um pouco daquilo que não podemos comprar por não estar ao nosso alcance ou por não ser nosso objetivo principal, afinal eu não preciso comprar um avião se só vou utiliza-lo por pouco tempo até porque seria inviável comprar e manter um avião. Mas essa é uma analogia para dizer que o aluguel deve ser considerado de outro prisma, usando desse pensamento um cantor por exemplo geralmente compra um avião pois esse fato o ajuda no seu deslocamento, otimiza seu tempo e maximiza seus ganhos. Então temos um impasse? A resposta é que: Definitivamente não!!! A decisão é um conjunto de fatos que deve ser levado em conta, vamos lá:

Tempo de uso: Qual será o período que devo ficar no imóvel? Se o período for curto definitivamente não vale a pena investir no imóvel como compra, afinal terá os custos de compra que giram em torno de 3.5% até 5% do valor de venda, além da reforma e mobília. Já se o período é longo, o valor que seria pago para locação somado ao valor de entrada que deve ter reservado, será um bom investimento afinal o valor dispensado é acumulado no saldo de pagamento. 

Custo do Imóvel: Um bom imóvel hoje rende de 0.6% até 1% ao mês com locação mas tem os custos de Condomínio e IPTU e claro a manutenção do bem, ou seja, considerando o valor aplicado na compra a relação de pagamento de aluguel é a melhor escolha?

Valor de renda e score bancário: A regra básica hoje para financiamento é que para cada 100 mil reais de financiamento a renda é de 3000 mil reais, ou seja, se sua renda não comporta esse valor de financiamento vale a pena entrar nessa seara? Outro ponto é o score bancário que deve atingir um patamar que proporcione o máximo de financiamento bancário para dispor de um valor menor de entrada. 

Valorização e oportunidade: É claro que se estiver diante de um negócio que vai proporcionar um lucro considerável, ou uma oportunidade de compra imperdível de fato não se deve perder a oportunidade.

A escolha não é fácil, mas deve ser sempre feita com a razão e não com a emoção, se fosse dar um conselho eu diria que todos nós deveríamos nos programar para comprar um imóvel e sempre comprar mais, mas se suas condições sejam apertadas não pense no aluguel como um mal negócio e sim um período de oportunidade de uso.

Vamos saber qual foi os índices dos últimos 12 meses para termos base do cenário de cada mercado.

O IGP-M (ÍNDICE GERAL DE PREÇOS) mede a variação dos preços e se houve inflação ou deflação, esse é o norte para cálculo dos aluguéis.

INCC (ÍNDICE NACIONAL DO CUSTO DA CONSTRUÇÃO) Mede o valor de materiais de construção como tijolo, concreto e etc, ele é o norte para sabermos o valor real do custo de uma obra.

IPCA (ÍNDICE DE PREÇOS PARA O CONSUMIDOR AMPLO) Medido mensalmente pelo IBGE a variação dos preços do comércio, é considerado pelo Banco Central como índice oficial de inflação ou deflação.

TR (TAXA REFERENCIAL) Mede um índice de correção monetária aplicada para corrigir os valores de poupança, FGTS e financiamento imobiliário.

IGP-M Acumulado dos últimos 12 meses 32,2%

INCC Acumulado dos últimos 12 meses 12,33%

IPCA Acumulado dos últimos 12 meses 6% 

TR Zerada a mais de 12 meses pois a taxa selic está negativa

Faça um comentário

0 Comentários

Este artigo ainda não possui nenhum comentário!

Colunista

Vanderson Ferri

Demais artigos deste autor

Ver todos 37 artigos

Cote seu Imóvel

Preencha abaixo os dados do imóvel que você procura e receba cotações dos corretores e imobiliárias especializados na região.

CPF Inválido!

Mensagem enviada com sucesso!
260 vanderson-ferri