Como Conquistar Meu Imóvel?

Publicado em

Como Conquistar Meu Imóvel?

A compra de imóvel é cercada de muita emoção, seja essa compra para moradia, lazer ou investimento, em média nós brasileiros compramos 1 único imóvel durante toda nossa vida e a média de troca é de 1,8 imóveis durante a vida,  enquanto em países mais desenvolvidos a média de troca pode chegar a 8 imóveis durante toda a vida. Claro que o reflexo desses números se dá um pouco por conta de políticas de habitação equivocadas durante muito tempo praticadas pelo governo, politicas simplesmente assistencialistas e eleitoreiras.

Assim como a falta de Legislação especifica que pudesse dar segurança a incorporadores, construtores, bancos e compradores. A Alienação Fiduciária por exemplo foi definida apenas  em 1997 pela Lei nº 9.514 em seu capitulo II e ainda reformada em 2007 pela Lei nº 11.481. Com a segurança jurídica e políticas de incentivo á construção civil e agora sim, o incentivo a compra do imóvel, o brasileiro começa a sonhar com sua casa própria e também o upgrade do seu imóvel.

A compra ou troca de um imóvel vai muito além do desejo e da vontade, na maioria das vezes requer sacrifícios, muito planejamento, persistência e principalmente disciplina financeira. Mas não é uma missão impossível e pelo contrário, é alcançável com certeza.  Em fevereiro do próximo ano irei completar 14 anos de experiência como corretor de imóveis, e o que mais me orgulho na minha profissão nesse tempo é ter ajudado um numero muito grande de pessoas a alcançarem seus objetivos. Em torno de 80% das minhas vendas durante todo esse tempo foi para pessoas que compraram seu primeiro imóvel, buscavam sair do aluguel, casar e ter sua casa própria, dar uma qualidade de vida melhor para a família, entre outras necessidades, muito pouco das minhas vendas foram para pessoas que estavam trocando de imóvel, comprando para lazer ou investimento.

Sempre procurei entender a necessidade do cliente, e sempre tentei ajudar como realizar seu sonho, um exemplo até engraçado foi de um jovem casal de Palhoça/SC em 2009, eles tinham entre 22, 23 anos, viviam em união estável e felizmente anda não tinham filhos, pois bem, após um atendimento, consegui identificar o desejo deles em estar comprando sua casa própria justamente para poder ter uma família com segurança, ele trabalha numa indústria local e ela no comercio da cidade vizinha de São José, ganhavam o salário base das suas categorias, que como sabemos, não é muito e moravam de aluguel, a qual consumia 80% do salário dele, alimentação e outras despesas como água, luz, internet consumia 80% do dela, os 20% dos salários de cada  mal dava para diversão comum nessa idade, também não possuíam carro e somente uma moto CG125 que ele utilizava para se locomover para o trabalho. 

Pois bem, o imóvel que tinha despertado o interesse deles seria entregue em 24 meses, dois anos, teriam de dar uma entrada de 20% e financiar 80% na chaves, entrega, uma casa geminada em um condomínio fechado no valor de R$ 85.00,00, a entrada poderia ser dividida durante os 24 meses, porém assim como o saldo corrigidos pelo INCC até a entrega, uma entrada que abatendo o pouco de FGTS que ambos tinham, ficou em 24 x R$ 800,00, a correção do saldo, planejei ser coberta pela projeção do FGTS durante o período. Mas como pagar esse valor? juntamente com aluguel, como fechar a conta e não se enforcar? Ficamos durante 2 semanas os três planilhando suas despesas, calculando cortes e projeções de como poderiam atingir seus objetivos, como poderiam ter a sua casa própria? E a solução encontrada foi de que eles iriam adiar um pouco o sonho de morar juntos, de se casarem, devolveram o imóvel aonde moravam e voltaram cada um para casa de seus pais, sem o aluguel mensal, sem despesas como água, luz e alimentação (compromisso também assumido pelos pais que foram consultados) eles conseguiram pagar toda a entrada em apenas 15 meses, conseguiram ir além disso, juntaram um pouco a mais de dinheiro e com o fim das prestações da entrada, deram entrada e pagaram os móveis planejados da sua casa.

Quando receberam as chaves da minhas mãos a emoção tomou conta de mim e dos familiares  e amigos deles, no mês seguinte celebraram o casamento no salão de festa do seu condomínio, com uma prestação que consumia 30% da renda do casal, em dois anos tinham quitado seu carro que fora comprado logo após a entrega da casa, em 8 anos já haviam quitado todo o financiamento com empenho e utilização do FGTS e por não estar mais em Palhoça, tive a grata alegria de indicar um amigo corretor que os ajudou a ir para um imóvel maior e de valor agregado mais alto, os tenho como amigos até hoje.

Como essa tenho inúmeras outras histórias de sacrifício e dedicação em realização de uma sonho, costumo dizer que atendo um cliente e faço um amigo, também sempre recomendo que procure um corretor de imóveis credenciado e de confiança, se você não conhecer, peça indicação, com certeza um parente, um amigo ou até mesmo professor ou patrão já comprou um imóvel, pergunte como foi o atendimento, como é o corretor, como ele conduziu o processo de compra dessa pessoa, fuja de corretores que só pensam na comissão. Se você durante toda sua vida irá comprar apenas um imóvel e talvez trocar ele apenas uma vez, provavelmente irá pagar ele entre 10 a 20 anos, porque não procurar ajuda de um profissional, que na verdade nem irá lhe cobrar nada, pois quem paga é quem vende, pense nisso! 

Escolha o seu corretor, juntos analisem qual imóvel irá melhor lhe atender no momento, planejem como será a forma de pagamento, em caso de financiamento estudem as melhoras forma de faze-lo, existem bastante variantes entre formas de amortização, indexadores, taxas de juros, etc...

Só não deixe seu sonhos engavetados!

 

 

 

Faça um comentário

Enviar

1 Comentários

Um grande corretor, hoje um amigo meu. A um tempo atrás entrei em contato com o Fabiano, deixando claro a ele que estava me programando para obter um imóvel na planta, o mesmo foi muito atencioso comigo e assim que foi saindo imoveis o mesmo foi me apresentando até que chegamos a compra. Agradeço pela atenção, sinceridade, e por ser nosso amigo e corretor.

Colunista

Fabiano Massaneiro

Cote seu Imóvel

Preencha abaixo os dados do imóvel que você procura e receba cotações dos corretores e imobiliárias especializados na região.

Mensagem enviada com sucesso!
3204 fabiano-massaneiro