Selic: Como Funciona Essa Taxa?

Publicado em

Selic: Como Funciona Essa Taxa?

Nos últimos meses, com o cenário econômico e queda de juros no mercado imobiliário, tem se falado bastante na taxa Selic. Que ela é importante para toda a economia, você já sabe, entretanto, de que forma ela exerce impacto no setor de imóveis? Ao final de cada dia, os bancos precisam ter um valor mínimo em caixa, meta estipulada pelo Banco Central com objetivo de controlar o dinheiro que circula no Brasil, assim como a inflação. Caso uma instituição financeira não tenha atingido esse valor em um dia, precisa pedir emprestado, empréstimo esse que tem como garantia os títulos do governo. O sistema Selic controla essas operações, enquanto a taxa calcula os juros delas. O Comitê de Política Monetária do Banco Central se reúne para definir uma meta para a Selic, de acordo com o cenário econômico, seja a inflação, taxa de câmbio, taxa de juros no exterior e situação da economia nacional. Para defini-la, o Banco Central compra ou vende títulos públicos, dependendo do objetivo final, influenciando diretamente o mercado. Se a inflação estiver baixa, por exemplo, a Selic é reduzida, com o objetivo de estimular o consumo, como vem acontecendo recentemente. A taxa é a base para outros juros no Brasil, portanto quando está baixa, o crédito se torna mais barato, tornando o momento positivo para compra.

Para facilitar o acesso ao crédito imobiliário, o Conselho Monetário Nacional flexibilizou uma regra de registro. Um acontecimento com relação aos financiamentos, decorrente da queda nos juros básicos, é o aumento em 200% na portabilidade do crédito imobiliário. Isto é, mais pessoas estão migrando os contratos para instituições financeiras que ofereçam condições mais favoráveis. Em 2021 a Caixa lançou uma modalidade de financiamento prefixado e com juros de 8% ao ano. Quem optar por essa linha para financiar um imóvel vai saber o valor exato de cada prestação até a quitação total. Além disso, a Caixa conta com outros tipos de financiamento, como o tradicional (indexado à Taxa Referencial – TR) e a linha indexada ao IPCA. Bancos privados, como Itaú e Bradesco, oferecem financiamento de imóveis com correção por meio da TR (taxa referencial).

Faça um comentário

0 Comentários

Este artigo ainda não possui nenhum comentário!

Colunista

Leandro Actis

Demais artigos deste autor

Ver todos 575 artigos

Cote seu Imóvel

Preencha abaixo os dados do imóvel que você procura e receba cotações dos corretores e imobiliárias especializados na região.

CPF Inválido!

Mensagem enviada com sucesso!
1983 leandro-actis